domingo, 24 de maio de 2009

O Relevo Brasileiro



Introdução: O território brasileiro pode ser dividido em grandes unidades e classificado a partir de diversos critérios. Uma das primeiras classificações do relevo brasileiro, identificou oito unidades e foi elaborada na década de 1940 pelo geógrafo Aroldo de Azevedo. No ano de 1958, essa classificação tradicional foi substituída pela tipologia do geógrafo Aziz Ab’Saber, que acrescentou duas novas unidades de relevo. Uma das classificações mais atuais é do ano de 1995, de autoria do geógrafo e pesquisador Jurandyr Ross, que estabelece 28 unidades de relevo, que podem ser divididas em planaltos, planícies e depressões.
Características do relevo brasileiro segundo Jurandyr Ross:
Planalto: É uma superfície irregular com altitude acima de 200m.
Planície: Superfície mais ou menos plana de formação sedimentar.
Depressão: È uma superfície que sofreu processo erosivo e possui altitudes abaixo das áreas ao redor.

2 comentários:

Olga Stader disse...

Gostei muito de seu blog, foi muito bem montado. Concordo com voce que é muito difícil encontrar na internet estes mapas.Espero que voce não se importe se eu imprimir alguns para que os meus alunos possam praticar. Mostrei o seu blog para eles dizendo quem foi a autora deste material. Muito sucesso para voce e o seu blog. Atenciosamente, Olga

Thais disse...

Parabéns,seu blog é maravilhoso.Desculpe mas sou da geração copista e fiz uso de suas atividades,repassando os devidos créditos.Um abraço e obrigada pois é uma grande ajuda.